Tag Roadmap

Ganhe produtividade com o CIGAM Windows 8 Style

Conforme já conhecemos em artigo anterior a cara do CIGAM irá mudar radicalmente na próxima versão. Estaremos liberando nos próximos dias a versão Preview com a nova interface, a qual proporcionará ao usuário não só uma excelente experiência de navegação, mas também novos recursos disponibilizados no Windows 8, o que irá trazer ganho de produtividade na operação do ERP CIGAM.

Vamos ver agora mais alguns detalhes da nova interface:

Navegabilidade

A grande novidade em termos de navegação dentro dos menus do CIGAM sem dúvida é o uso do toque; mas não por isso deixamos de facilitar ainda mais a navegação por mouse ou pelo teclado.

Agora os painéis possuem a barra de rolagem na parte inferior a qual poderá ser utilizada com o toque, clique ou scroll do mouse. Também pode ser usado o arrasto com o mouse ou toque.

Rolagem

cigam01

Leia mais…

Road Map para Evolução do ERP CIGAM

Marcelo Petry

Conforme prometi no artigo onde falei sobre customização, este artigo tem por objetivo discorrer um pouco sobre o que é um Road Map e a sua relação com a evolução do ERP CIGAM. Conforme já registrado em outros artigos deste blog, já sabemos que o Road Map é o contraponto da customização e que é elaborado pelos Analistas de Negócios, porém, como é algo muito novo para todos da Rede CIGAM, vale a pena entender um pouco mais sobre o assunto.

Uma das definições para Road Map é que se trata de uma visão estendida do futuro de um campo escolhido de investigação composto de uma coletânea de conhecimento de pesquisadores nesse campo. Algumas palavras que também ajudam no entendimento são ‘guia’, ‘roteiro’ e ‘plano’. Enfim, Road Map é um plano com metas de médio e longo prazo com soluções específicas para ajudar a cumprir metas definidas na criação e/ou evolução de um produto e/ou processo, sendo que, o desenvolvimento deste plano tem pelo menos quatro finalidades:  ajudar no alinhamento dos stakeholders; ajudar na formatação da estratégia que será utilizada para que se atinja os objetivos estabelecidos;  ajudar no planejamento das atividades; e ajudar na coordenação da execução das atividades.

Enfim, a evolução do ERP CIGAM passa a acontecer com base em Road Maps, que definem quais funcionalidades o sistema deve passar a atender, por área de negócio e em dado período de tempo, que estamos definindo sempre como anual. Estes Road Maps são construídos pelos Analistas de Negócio em conjunto com a Área de Mercado, P,D&I e parceiros da Rede CIGAM. Neste momento, vale lembrar o que registrei no artigo sobre a função do Analista de Negócio, que é o profissional que “busca as melhores oportunidades de negócio, analisa tendências, cria novos produtos, recria produtos existentes, está sempre preocupado em encontrar novos caminhos para a empresa, complementando funções como as de analistas de processos e analistas de sistemas, buscando unir o melhor de cada uma destas funções a partir da visão sistêmica e orientada ao negócio da empresa”.

A tarefa de montar um Road Map tem a finalidade de mantermos um alinhamento entre os objetivos estratégicos da Rede CIGAM com a equipe de desenvolvimento do ERP CIGAM. Para isto, os Analistas de Negócios avaliam pelo menos três níveis dos negócios: mercado, produtos e serviços, e tecnologia, estando sempre atentos para a evolução do mercado, analisando as oportunidades, principais ameaças e concorrentes, bem como, avaliando as customizações de forma a incorporar as melhores práticas ao produto. Desta forma, garantimos que o que oferecemos realmente é o que os clientes e o nosso mercado necessitam, e garantimos que estamos gerando valor de negócio para este público, cumprindo com a nossa missão que é de “Promover crescimento e maiores resultados a nossos clientes com nossas soluções de software e serviços”.

O planejamento do Road Map da CIGAM será anual, com revisões semestrais e entregas trimestrais, conforme liberações das versões oficiais do ERP CIGAM. Todo o controle se dará a partir do módulo de Gestão de Serviços do próprio ERP CIGAM, permitindo assim, que as OSs de sugestões aprovadas, de clientes, parceiros e internas, que se referem a uma funcionalidade do Road Map,estejam vinculadas ao Road Map, permitindo assim a gestão da evolução do produto e de como cada uma das sugestões realizadas pelos clientes e toda a Rede CIGAM estão sendo implementadas. Em breve estaremos disponibilizando para toda a rede o que irá compor o primeiro Road Map da CIGAM, com o grupo de funcionalidades que ainda pretendemos atender no ano de 2011.

Espero que a partir deste artigo tenha conseguido esclarecer sobre o que é um Road Map e sobre como usaremos esta ferramenta com o objetivo de gerir todo o processo, mas, principalmente, de evoluir o ERP CIGAM com soluções robustas de mercado de forma a impulsionar as vendas do ERP CIGAM, conforme estratégia de vendas vigente.

Marcelo Eduardo Petry
Gerente de Produto e Tecnologia / Cigam Software Corporativo

A Evolução do ERP CIGAM: Da nova funcionalidade à customização

Marcelo Petry

Como tudo na história e na vida tem seus ciclos, a história de um produto de software não é diferente, e  este momento em que comemoramos os 25 anos da CIGAM nos leva a pensar no assunto e a fazer algumas reflexões. O momento coincide com uma das mudanças estratégicas mais significativas do ERP CIGAM, que é o fato de começarmos a trabalhar com customizações específicas e exclusivas para nossos clientes. Este é um marco também para mim, que completo 16 anos de história comum com a empresa desenvolvedora deste produto.

Quando a CIGAM iniciou suas atividades, os computadores ainda eram recursos exclusivos de poucas empresas e a quantidade de softwares disponíveis era pouca, principalmente para a realidade brasileira, onde a dificuldade tributária e o jeitinho brasileiro já eram característicos de nosso país. Portanto, desde cedo, eram necessários softwares específicos para as nossas empresas, com os cálculos de impostos, controles financeiros e de produção. E então nasceu o ERP CIGAM. Porém, em vez de criar um software específico para cada cliente, estabeleceu-se que o mesmo produto teria que atender a todos os novos clientes,  e a estratégia para viabilizar esta premissa era que a cada nova solicitação de um cliente, a funcionalidade seria incorporada ao produto, tornando o ERP CIGAM cada vez mais completo e robusto.

Para entender o ciclo de vida do software, faço uma analogia com o ciclo de vida de uma pessoa, reservadas as devidas proporções, é claro. Assim como uma criança que é planejada, se desenvolve no ventre de sua mãe, nasce e ganha alimentação, passa por experiências boas e ruins, e vai crescendo, passando pela adolescência e enfim chegando a fase adulta, também ocorre com os softwares, que são planejados, desenvolvidos, nascem pequenos, depois entram em produção, são experimentados (onde se resolvem problemas… e criam-se outros…) e vão recebendo novas funcionalidades, proteções, facilitadores, enfim, novos recursos conforme as demandas daqueles que o operam, que o utilizam, que o submetem a novas experiências, criando novas necessidades.

No entanto, chega um momento em que muita alimentação e robustez não é mais sinal de saúde, mas sim, um risco de obesidade, colesterol, triglicerídeos e tantas outras doenças causadas pelos excessos. Assim também podemos fazer uma analogia com os softwares, pois chega um momento em que incorporar novas funcionalidades e novas opções também deixa de ser sinônimo de saúde e robustez e passa a ser sinônimo de instabilidade e obesidade, trazendo consigo doenças como baixa performance, erros, dificuldades de uso, de implementação, de atualização e de manutenção.

O ERP CIGAM chegou à sua maturidade e, neste momento, antes que se torne um senhor obeso, entendemos que chegou o momento de parar de incluir cada nova necessidade de nossos clientes no produto, sem, no entanto, deixar de atendê-los naquilo que é o diferencial de cada negócio. Para isto, foi criado o Setor de Customizações do ERP CIGAM, que nasce na CIGAM Corp., mas deve se estender a todos os parceiros da Rede CIGAM, de forma que todos tenham condições de atender às necessidades urgentes dos projetos de forma ágil e precisa.

Para que possamos cumprir a nossa missão que é a de “Promover crescimento e maiores resultados a nossos clientes com nossas soluções de software e serviços.”, além do Setor de Customização, mantemos a equipe direcionada para a evolução do produto, e ela passa a atuar tendo como referências as funcionalidades dos Road Maps, criados pelos Analistas de Negócios da CIGAM Corp. em conjunto com a Área de Mercado e parceiros da Rede CIGAM… mas isto já é tema para um segundo artigo.

Enfim, o setor de Customizações é responsável por desenvolver alterações específicas e/ou exclusivas dos clientes que adquirem este tipo de solução. Participam deste setor Analistas de Sistemas e Programadores, que denominaremos “Customizadores”, sendo suas principais responsabilidades:

  1. Mapear, analisar e entender a necessidade do cliente;
  2. Desenvolver alterações e/ou rotinas e/ou relatórios que buscam atender uma necessidade específica do cliente;
  3. Testar as funcionalidades com o usuário final, usuário chave e/ou consultor de aplicação que acompanha a implementação do cliente;
  4. Documentar as customizações: como ligar e desligar a função, como utilizá-la, e informações sobre onde ela afeta o fluxo de operação normal do sistema;
  5. Entregar as novas funcionalidades para o cliente;
  6. Manter as customizações implementadas.

Podemos destacar como principal vantagem em relação às soluções que se agregam ao produto, o fato de não ser necessário generalizar a solução para atender a todas as funções de software de todo o ERP CIGAM, com a estrutura de dados e regras disponíveis até então. Em função disso, a solução tem um custo mais acessível, é mais simples, funcional, performática e, ainda, tem maior agilidade no encaminhamento e tratamento da alteração. Outro ponto de destaque é o fato de estas alterações não interferirem nas demais funcionalidades do sistema, evitando a geração de novos problemas de sistema (bugs).

As soluções de customização podem ser realizadas utilizando-se diversas ferramentas, desde que devidamente licenciadas, seja pela CIGAM Corp. (ou parceiro da rede CIGAM que está desenvolvendo a customização) ou, ainda, pelo cliente. As principais ferramentas em uso são: CIGAM Report, UniPaaS (Magic), iBOLT, Workflow, PHP, C# e soluções implementadas diretamente no Banco de Dados do cliente.

É importante registrar que existem alguns facilitadores para as integrações do ERP CIGAM para estas customizações, que chamamos de Kit Desenvolvimento CIGAM (SDK CIGAM). Estes facilitadores são os componentes já existentes no CIGAM, os conectores disponíveis em pontos estratégicos dos principais programas ou as views que compõem uma funcionalidade do sistema. É importante registrar que a base de dados do ERP CIGAM é aberta e, portanto, disponível para criação de triggers, procedures e functions de banco, telas de consultas e movimentação, relatórios e rotinas.

Enfim, o ERP CIGAM chega a um nível de maturidade plena… na fase adulta. E para se manter bem são necessárias ações firmes, consistentes e continuadas, de forma que possamos manter o processo de evolução do produto com soluções completas e robustas, sem perder a agilidade no atendimento das necessidades urgentes de nossos clientes, mantendo o produto saudável e estável por vários quartos de século a mais. E trabalhar com soluções customizadas é uma destas ações firmes, fortes e consistentes.

Marcelo Eduardo Petry
Gerente de Produto e Tecnologia / Cigam Software Corporativo