Sete dicas para evitar desastres durante a migração de dados

iStock_seven23534737_xE5Lae0.jpg.800x600_q96Quando você troca de ERP, CRM, ou outras aplicações principais, transferir dados entre sistemas nunca é uma tarefa simples. A complexidade dos trabalhos de migração de dados frequentemente resulta em custo excedente e atrasos. Erros cometidos durante a migração podem levar a um tempo de inatividade oneroso, produtividade do usuário final reduzida e a perda de dados importantes.

Porém, se você fizer a preparação necessária e pensar no processo detalhadamente, você pode evitar alguns dos desastres mais comuns durante a migração de dados.

Aqui estão sete dicas para manter seu projeto de migração de dados no caminho certo.

Limpe seus dados: Não migre seus maus hábitos. As coisas podem ter começado perfeitamente, mas muito provavelmente inconsistências de dados e duplicações foram introduzidas durante esse tempo, por vários usuários. Então é importante “desinfetar” os dados antes de movê-los. Certifique-se de apagar os arquivos duplicados e consertar quaisquer problemas, antes que os problemas sejam replicados para seu novo sistema.

Valide e redefina as regras de negócios: As regras de negócios  e de validação de sua empresa podem ter mudado desde que o sistema antigo foi instalado. Agora é a hora de garantir que elas estão atualizadas e, quaisquer questões ou processos contestados sejam corrigidos. Também é aconselhado verificar se existem campos de dados que necessitam ser modificados ou adicionados, e que as validações necessárias sejam incluídas na nova base de dados.

shadow-IT-hand
Verifique a dependência de dados cruzados: Dependências de dados cruzados geralmente não são descobertas até que seja muito tarde no processo de migração. Um projeto complexo pode conter dúzias de campos de dados diferentes vindo de diferentes aplicações.
Descobrir novas fontes de dados ou conectividades muito tarde no processo de migração pode interromper seu planejamento. É melhor identificar fontes externas de dados antecipadamente e ter certeza de que as conexões necessárias estão no lugar para o novo sistema.

Vantagem da Automação: Muitos projetos sofrem com excesso de custos devido à falha humana e interrupção do sistema. Enquanto ferramentas ETL tradicionais podem parecer atraentes de início, eles não permitem que você maximize o tempo de operação e mantenha processos empresariais interconectados, como a atualização automática dos dados de endereço dos clientes no seu ERP, baseado em mudanças registradas em seu CRM. Ao invés disso, procure por uma plataforma de integração que suporta integração baseada em processos.

Além disso, uma plataforma de integração que possui conectores pré-instalados no sistema que você está migrando pode poupar muito tempo e ajudar a evitar erros. Isso pode, ainda, permitir que você mantenha os dois sistemas, o antigo e o novo, sem o risco de interrupção do sistema ou perda de transação, até que você esteja pronto para fazer a troca completa. Plataformas de integração de sistemas podem fornecer uma solução efetiva que, não apenas irá acelerar seu projeto de migração de dados, mas  também pode ser útil para outros projetos de integração de sistemas no futuro, oferecendo um alto retorno do investimento.

Confie em experiências relevantes: Frequentemente existe uma forte subestimação do quão complexo e desafiador o processo de migração de dados pode se tornar. É visto como um exercício tedioso, apenas ligado ao trabalho muito mais importante de implementação. Entretanto, cada projeto de migração de dados exige especialistas que possam encontrar a raiz do problema de discrepância de dados e consertá-lo. Então é essencial que os membros da equipe tenham as qualificações profissionais necessárias e familiaridade com os dados empresariais.

Não espere a meta ficar pronta: Comece cedo. Existe um limite ao tanto de trabalho que pode ser feito em relação à qualidade de dados e regras empresariais, então não existe razão para esperar a meta ficar pronta ou ser escolhida. Você pode ter uma grande quantidade de dados para limpar logo de início. Pode ser tarde demais para cumprir o prazo se você esperar demais.

Valide e teste o processo de migração de dados: Não deixe esse passo para o final. Você deve se certificar de que esteja validando e testando ao longo do processo. Ter usuários confirmando que os dados estão completos e corretos é importante. As pessoas que  assinam os dados devem os consumidores definitivos.

Considerar esses fatores antes de iniciar seu projeto migração de dados irá ajudar a aumentar suas chances de sucesso. Independentemente da complexidade da sua migração, certifique-se de que você tem um bom plano que descreva as dependências entre as várias tarefas e marcos antes de começar qualquer trabalho. Ter um plano para trabalhar e utilizá-lo pode minimizar os riscos de desastres durante a migração de dados.

Stephan Romeder - Managing Director - Magic Software Europe

Stephan Romeder – Managing Director – Magic Software Europe

Novo Comentário